ATUALIDADE CULTURA

ACTA recebe Prémio Gulbenkian Educação 2010

O diretor da Companhia de Teatro do Algarve (ACTA), distinguida em ex-aequo com o prémio Gulbenkian Educação, interpreta o galardão como um sinal de “confiança” num momento de “apreensão quanto ao futuro”.

“Nesta hora de grande e geral apreensão quanto ao futuro, este prémio vem trazer-nos uma alegria e uma confiança que queremos compartilhar com todos”, disse à Lusa o diretor da companhia algarvia, Luís Vicente.

De acordo com o ator, o prémio reflete o reconhecimento pelo trabalho que a ACTA tem desenvolvido no âmbito do seu Serviço Educativo e do Programa de Teatro para a Educação.

O prémio, de 50 mil euros, será repartido entre a ACTA e a Academia de Música de Viana do Castelo, que se distinguiram pelo investimento na formação e sensibilização de públicos, refere um comunicado da Fundação Gulbenkian.

Criada em 1995, a ACTA é uma das poucas companhias profissionais de teatro no Algarve que, a par de uma programação artística regular, tem como prioridade a divulgação do teatro junto das escolas.

A toxicodependência, a educação sexual e o “bullying” são alguns dos temas já abordados em peças produzidas pela ACTA e levadas a cena em escolas no âmbito de projetos que unem a arte e a pedagogia.

Através do projeto Vamos Apanhar o Teatro (VATe) a ACTA já levou espetáculos a centenas de idosos e crianças de toda a região algarvia, sobretudo a zonas de difícil acesso localizadas no interior.

Os espetáculos – que abrangem desde o teatro, às marionetas, sombras ou narração oral -, são apresentados num autocarro com dois pisos onde não faltam um palco, zona de plateia, bastidores e camarins.

“Está de parabéns toda a equipa da ACTA mas também os municípios da região que nos têm apoiado, os nossos mecenas ALGAR e Águas do Algarve e todas as pessoas e instituições que nos têm dado o seu apoio”, concluiu.

O júri que decidiu atribuir o prémio Gulbenkian Educação é constituído por Maria Helena da Rocha Pereira, Vítor Aguiar e Silva, Guilherme de Oliveira Martins, Lídia Jorge e João Filipe Queiró.

O prémio Gulbenkian Arte foi atribuído a Cristina Reis, cenógrafa e figurinista do Teatro da Cornucópia, sendo conhecidos em breve os restantes prémios, nas áreas da Ciência, Beneficência e Internacional.

Os prémios serão entregues a 20 de julho, data em que se assinala a morte de Calouste Gulbenkian, no anfiteatro ao ar livre da fundação, numa cerimónia aberta ao público.

*** Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico ***

Lusa/JA

Advertisements

Assine já com 10% de desconto. Cupão: CPNOVO Ignorar

Tamanho da Fonte
Contraste
%d bloggers like this: