“Consultório” do Museu de Portimão é exemplo nacional

.
.

Iniciado em fevereiro último para apoiar e ajudar a comunidade local na resolução de problemas de conservação e no esclarecimento de dúvidas sobre a melhor forma de tratar e recuperar peças e objetos pessoais, o “Consultório do Museu de Portimão” já despertou o interesse de outros museus portugueses.

Na sequência da repercussão que este exemplo algarvio suscitou em tão pouco tempo, o conceituado portal www.pportodosmuseus.pt lançou o desafio aos museus portugueses para a formação da “Rede de Consultórios nos Museus”, à qual aderiram até ao momento o Museu de Tibães (Braga), o Museu de Lamego, o Museu Nacional do Traje (Lisboa) e o Mosteiro de Santa Clara-a-Velha (Coimbra), para além do Museu de Portimão.

Segundo a metodologia sugerida, os museus que aderirem à iniciativa escolhem o calendário, o número de sessões, as áreas de conservação e os técnicos que realizarão as ações, enquanto aquele portal criará uma base de dados de profissionais da conservação eventualmente disponíveis para colaborar, gratuitamente ou não, divulgando junto do público os museus aderentes e as vantagens deste serviço.

Advertisements

pub

 

Advertisements
WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Tamanho da Fonte
Contraste