MUNDO ÚLTIMAS

derrame de 1,5 mil toneladas de petróleo no mar

Autoridades chinesas lutam há dois dias para controlar derrame de 1,5 mil toneladas de petróleo no mar, junto ao litoral de Dalian , importante cidade no nordeste China com mais de 6 milhões de habitantes. A mancha negra ocupa uma área de cerca de 100 km2 entre os mares de Bohai e Amarelo, que separam o país da península da Coreia.

O acidente foi provocado por incêndio em dois oleodutos da China National Petroleum Corp., tendo ocorrido logo após a saída de um navio liberiano que descarregou 300 mil toneladas de petróleo através dos oleodutos. Autoridades chinesas apreenderam o petroleiro, cuja tripulação é suspeita de “operação inadequada” que terá provocado o derrame. 

Porto afetado| Mais de 20 navios estão a operar no local, mas até ao momento apenas puderam retirar cerca de 50 tonelas de crude. Foram instalados 7km de redes como obstáculos flutuantes para tentar impedir a propagação da mancha negra, mas especialistas asseguram que é inevitável que isso aconteça.

Além de provocar  derrame de petróleo, o incêndio que atingiu os dois oleodutos da gigante estatal chinesa afetou, também, o porto de mercadorias Xingang, em Dalian, mas não terá provocado vítimas.

Advertisements

Assine já com 10% de desconto. Cupão: CPNOVO Ignorar

Tamanho da Fonte
Contraste
%d bloggers like this: