ECONOMIA ÚLTIMAS

Dívidas às PME portuguesas serão pagas em dois meses diz José Eduardo dos Santos

O Presidente angolano, José Eduardo dos Santos, garantiu hoje que as dívidas de Angola às Pequenas e Médias Empresas (PME) portuguesas serão pagas no prazo de dois meses.

Em conferência de imprensa após um encontro com o Presidente português, Cavaco Silva, que iniciou hoje uma visita de Estado a Angola, o Presidente angolano adiantou ainda que as dívidas às grandes empresas serão pagas em “40 por cento inicialmente e depois será feito um reescalonamento por um, dois anos”.

Sem precisar o montante da dívida às empresas portuguesas, Eduardo dos Santos referiu-se à dívida geral angolana a empresas, de 6,8 mil milhões de dólares (5,2 mil milhões de euros), estimando que “30 por cento deste valor” seja referente às empresas portuguesas.

Em declarações aos jornalistas no domingo, ainda a bordo do avião que o transportou para Angola, Cavaco Silva disse que a questão das dívidas de Angola a empresários portugueses deve ser resolvida pensando não apenas nas grandes empresas, mas particularmente nas pequenas.

Cavaco Silva lembrou que as grandes empresas têm mais acesso ao crédito.

AL/JA

Advertisements

Assine já com 10% de desconto. Cupão: CPNOVO Ignorar

Tamanho da Fonte
Contraste
%d bloggers like this: