CULTURA

Escritora algarvia Lídia Jorge vence Prémio da Feira do Livro de Guadalajara

.

A escritora Lídia Jorge foi distinguida esta sexta-feira com o Prémio da Feira Internacional do Livro de Guadalajara, de Literatura en Línguas Românicas.

O galardão mexicano junta-se ao Prémio Tributo de Consagração Fundação Inês de Castro/2019 atribuído, em julho passado, à obra de Lídia Jorge.

A autora, nascida há 74 anos em Boliqueime, no Algarve, foi já distinguida outros galardões, como o Grande Prémio de Literatura dst (2019), o Prémio Vergílio Ferreira (2015), o Prémio Luso-Espanhol de Cultura (2014), o Prémio Internacional de Literatura da Fundação Günter Grass (2006), o Grande Prémio de Romance da Associação Portuguesa de Escritores e o Prémio Correntes d’Escritas (2002), o Prémio Jean Monet de Literatura Europeia (2000) e o Prémio D. Diniz da Casa de Mateus (1998).

Lídia Jorge é a 30.ª distinguida com o principal prémio de literatura da Feira de Guadalajara.

PUB
Tamanho da Fonte
Contraste