Ex-autarcas de Silves têm de devolver 260 mil euros à câmara

Câmara de Silves

O Tribunal de Contas condenou em definitivo os ex-presidentes da Câmara de Silves Isabel Soares e Rogério Pinto, ambos do PSD, no âmbito do caso “Viga D´Ouro”. Este é um processo judicial que se arrasta desde dezembro de 2004 e que ainda hoje afeta a gestão financeira do município de Silves, uma vez que têm de ser pagas dívidas de capital e juros de mora num valor superior a cinco milhões de euros, até outubro de 2020.

Isabel Soares

O município de Silves, agora liderado pela presidente Rosa Palma, da CDU, recebeu o acórdão do tribunal no passado mês de outubro. Na sentença, Isabel Soares foi dada como autora de “uma infração financeira de natureza reintegratória”, devendo repor ao município de Silves uma quantia de cerca de 228 mil euros, acrescida dos respetivos juros de mora.

Já o seu sucessor no cargo, Rogério Pinto, foi acusado da mesma infração e deve agora devolver ao município cerca de 30 mil euros, mais os juros de mora…

(NOTÍCIA COMPLETA NA ÚLTIMA EDIÇÃO DO JORNAL DO ALGARVE – NAS BANCAS A PARTIR DE 15 DE NOVEMBRO)

NC|JA

Advertisements

pub

 

Advertisements
WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Tamanho da Fonte
Contraste