CULTURA

Faro cria fundo para incentivar artistas a pensar no futuro

Faro cria fundo para incentivar artistas a pensar no futuro
Faro é uma das dez cidades europeias pertencentes à rede Cultur Next que lançaram na quinta-feira o “Cities Fund for Culture” (Fundo das Cidades para Cultura) para incentivar criadores artísticos a pensar o futuro da Cultura, disse o represente Bruno Inácio.

O coordenador da Faro capital Europeia a Cultura2027 e chefe de divisão da Cultura da autarquia algarvia, participou na conferência de lançamento deste fundo e, no final, explicou à agência Lusa quais são os objetivos das 10 cidades promotoras do fundo: Aveiro, Braga e Faro (Portugal), Belfast (Irlanda do Norte), Cluj-Napoca (Roménia), Elefsina (Grécia), Leeuwarden (Países Baixos), Leeds (Reino Unido), Leuven (Bélgica) e Oulu (Finlândia).

“Lançámos este fundo, que é um fundo cultural de cidades, com 10 cidades, e cada uma delas vai investir nesta fase inicial 2.000 euros”, afirmou Bruno Inácio, observando que a apresentação do fundo decorreu quando, em Faro, “se realiza um encontro de uma rede de cidades que se chama Cultur Next”, rede de cidades que já foram ou são candidatas a capital europeia da cultura em vários países.

Bruno Inácio disse que “umas venceram o título, outras não venceram, outras ainda não sabem, e estas cidades estão a colaborar há cerca de três anos numa rede conjunta com vários projetos”, como o fundo lançado e que conta, inicialmente, com essas 10 cidades.

“O fundo o que é que tem de interessante ou especial? Não é necessariamente o valor, porque não é um valor extremamente elevado, mas é ser inovador no sentido em que é feito por cidades de vários países e tem um formato muito diferenciador, porque vamos pedir as artistas que nos falem da sua visão para o futuro da cultura”, explicou

A mesma fonte precisou que, após ouvir os candidatos, vão ser “selecionados sete artistas, que depois é que vão decidir em conjunto como querem usar o financiamento para a produção de uma peça artística”.

“E é inovador no sentido em que não existe nada deste género, porque normalmente quem faz estas coisas ao nível europeu é a Comissão Europeia ou são fundações europeias e aqui estamos a falar de 10 cidades, que se uniram, para dar início a um processo, porque a expectativa é que este fundo possa crescer e se tornar num importante instrumento e pensamento de financiamento da Cultura europeia”, acrescentou.

O “Cities Fund for Culture” foi concebido pela Culture Next como um mecanismo financeiro pioneiro, alternativo aos tradicionais mecanismos de financiamento para a cultura, e destina-se a artistas europeus que, mediante concursos públicos, estejam interessados em trabalhar em conjunto para o desenvolvimento de projetos onde a cultura é motor de desenvolvimento de um futuro sustentável, segundo a informação avançada pelos promotores.

PUB
Tamanho da Fonte
Contraste