Idosos de Olhão alertados para a necessidade de beber água

 

 

Ao longo desta semana, os cerca de 400 utentes das 13 turmas do projeto de ginástica sénior Vida Com Ritmo, promovido pelo Município de Olhão em todo o concelho, têm vindo a ser alertados para a importância da hidratação e da alimentação para o bem-estar geral, com importância acrescida nos períodos pré e pós-treino.

Estas sessões informativas, que são dinamizadas pelas duas nutricionistas do Município, pretendem esclarecer e informar acerca destes dois aspetos, que se revestem de importância acrescida junto dos cidadãos seniores.

Desta forma, os utentes do Vida com Ritmo ficam a saber quanta água devem consumir diariamente, em que altura do dia e as várias formas de manter o corpo hidratado, seja através do consumo de água no seu estado natural, aromatizada, ou em sumos, chás, e mesmo alimentos ricos em água, como a fruta, os vegetais, ou a sopa.

Para além dos aspetos diretamente ligados à hidratação, a ação debruça-se, também, sobre a importância do pequeno-almoço e da toma de refeições ligeiras antes e depois das aulas de ginástica sénior.

Os idosos estão sujeitos a um risco acrescido de desidratação. O processo de envelhecimento está associado a várias alterações fisiológicas, que podem afetar a capacidade do organismo em manter o equilíbrio dos líquidos.

Estas alterações incluem uma diminuição na quantidade total de água no organismo, a diminuição da sensação de sede e a diminuição da capacidade dos rins de concentrarem urina.

Para além disso, os idosos poderão ter dificuldades de mobilidade, logo, de acesso à água, dificuldades de deglutição, alterações cognitivas, ou receio de incontinência, fatores que podem levar alguns idosos a limitar o consumo de líquidos.

A toma de medicação como diuréticos, laxantes e sedativos também pode aumentar a perda de água pelo organismo.

Advertisements
Advertisements
Tamanho da Fonte
Contraste