DESPORTO

Jogos Náuticos do Atlântico 2024 realizam-se no Baixo Guadiana

jogos-nauticos-do-atlantico-2024-
A região do Baixo Guadiana vai receber os Jogos Náuticos do Atlântico 2024, como resultado de uma candidatura conjunta ao Comité Internacional das Câmaras Municipais de V. R. S. António, Castro Marim e Alcoutim, com os Ayuntamentos de Ayamonte e Isla Cristina.

As jornadas de preparação para a organização dos jogos europeus, que se realizarão pela primeira vez no Sul de Portugal estão a decorrer desde ontem, nas cidades de Ayamonte e V. R. S. António e contam com a presença dos presidentes das autarquias fronteiriças Álvaro Araújo e Natália Santos bem como da Associação Naval do Guadiana, através do seu presidente, Luís Madeira.

Na sessão inaugural das jornadas que decorreu no Centro Cultural Casa Grande, em Ayamonte, Natália Santos destacou como ponto forte desta candidatura “a ampla experiência de cooperação transfronteiriça que existe em ambos lados do Guadiana que reúne todas as condições para poder acolher um evento desta magnitude” e acrescentou a importância destes jogos como cartaz turístico.

Álvaro Araújo, em declarações ao JA, realçou a grande importância do evento para os jovens, para a cooperação transfronteiriça e para o desenvolvimento da região do Baixo Guadiana.

Durante as jornadas decorrem conferências, comunicações e apresentação de experiências e das infraestruturas e recursos existentes, com vista à organização dos jogos.

jogos-nauticos-atlantico-alvaro-araujo
Natália Santos cumprimentando os parceiros de VRSA e Alcoutim

Os Jogos Náuticos do Atlântico, cuja próxima edição (23.ª) se realiza em julho de 2022, novamente em Viana do Castelo, têm a ambição de desenvolver os desportos náuticos no Espaço Atlântico, os intercâmbios desportivos e culturais e as relações de amizade, de ilustrar e promover esta competência náutica específica das regiões, promovendo a emergência de novos intercâmbios entre povos.

Assumem-se assim, como uma experiência desportiva enriquecedora para o crescimento dos jovens atletas que ambicionam competir a nível mundial e olímpico.

A competição que se iniciou em 1995, reúne habitualmente entre 300 a 400 jovens atletas, oriundos das Euro-Regiões do Espaço Atlântico, que competem em modalidades variadas, como vela, remo, canoagem, surf, Kitsurf, Surf, Natação, Stand Up Paddle, Surf Life Saving e natação em águas livres.

Os Jogos Náuticos Atlânticos fazem parte dos eventos que, a cada ano, destacam os pontos fortes marítimos e náuticos das regiões do Espaço Atlântico europeu e prometem colocar a região do Baixo Guadiana no mapa desses grandes eventos.


Fundado em 1996, o Comité Internacional dos Jogos Náuticos Atlânticos tem como objetivo o desenvolvimento dos desportos náuticos no Espaço Atlântico, desenvolver os intercâmbios desportivos e culturais e as relações de amizade.

PUB
Tamanho da Fonte
Contraste