Lacobrigenses debatem novas rotas culturais

As novas propostas serão agora aperfeiçoadas para uma nova apresentação e auscultação do público, que será disponibilizada brevemente

Decorreu, recentemente, no Auditório Paços do Concelho, o seminário participativo “Lagos: Cultura e Património Edificado – Diversificação de Rotas Culturais”, iniciativa que integra o projeto SuSTowns, da qual Lagos é cidade-piloto.

O projeto tem efetuado diversas atividades no concelho lacobrigense, visando explorar, conjuntamente com a comunidade lacobrigense, propostas alternativas de rotas culturais com base num turismo mais sustentável.

No decorrer do seminário foram apresentadas algumas propostas de novas rotas culturais, tanto para visitantes, como para residentes e baseados em conceitos de “sustentabilidade, inclusão e estética” (Nova Bauhaus Europeia), as quais resultaram de uma primeira reunião com um grupo de trabalho em abril passado.

Rota Sensorial Batentes “Mão de Fátima”, Rota Património Arquitetónico Ferro Fundido e/ou Forjado (romantismo e arte nova), Rota de Turismo Militar (terrestre, naval e subaquático), Rota de Património Religioso, Rota dos Piratas e Corsários e Rota Literária de Sophia de Mello Breyner Andresen foram alguns dos projetos apresentados. Os participantes do seminário tiveram a oportunidade de sugerir mais algumas como a Rota da Doçaria, Rota da Azulejaria, Rota de D. Sebastião e Rota do Infante.

As novas propostas serão agora aperfeiçoadas para uma nova apresentação e auscultação do público, que será disponibilizada brevemente. A sua eventual implementação permitirá diversificar e descentralizar a oferta cultural no concelho, possibilitando que tanto turistas como residentes possam conhecer mais sobre Lagos e a sua história.

- Publicidade-spot_img

Deixe um comentário

+ Populares

- Publicidade -castro-marim-santos
- Publicidade-spot_img

Leia Também

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite o seu nome

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Tem uma Dica?

Contamos consigo para investigar e noticiar

Tamanho da Fonte
Contraste