ALGARVE ÚLTIMAS

Lagoa celebra seis anos de geminação com… Lagoa

[mobileonly] [/mobileonly]
.
.

O novo executivo da Câmara de Lagoa recebeu, na semana passada, o executivo da Câmara de Lagoa. Confuso? Não. Os visitantes vieram do concelho açoriano de Lagoa, que há mais de seis anos mantém um protocolo de geminação com o município algarvio homónimo.

A visita teve como objetivo “estreitar relações” entre os dois municípios, com vista “ao aumento da cooperação e troca de experiências na gestão e modernização administrativa, tendo em vista a exigível e constante melhoria e simplificação da prestação dos serviços às populações”.

O presidente da Câmara Municipal de Lagoa (Algarve), Francisco Martins, e o restante executivo, receberam uma delegação da sua congénere dos Açores, composta pelo presidente João Ferreira Ponte, a chefe de gabinete Maria Odete Cabral e a adjunta Verónica Almeida.

Na reunião de trabalho, que decorreu no edifício da autarquia lagoense, ficou no ar “a possibilidade de diversos intercâmbios e troca de ideias a todos os âmbitos, nomeadamente nas áreas das competências que cabem ao poder local, que não podem desvirtuar a defesa dos cidadãos, especialmente nas áreas económica, cultural, social, política e tantas outras”.

O presidente da Câmara de Lagoa (Açores), João Ferreira da Ponte, falou ainda sobre a possibilidade de trazer de volta à Lagoa do Algarve – provavelmente a 8 de junho (data a confirmar) -, a tradicional festa do Divino Espírito Santo que se comemora nos Açores, este ano, nos dias 27, 28 e 29 de junho, em colaboração com a paróquia de Nossa Senhora dos Anjos e a junta de freguesia de Água de Pau.

“Este ano, os lagoenses algarvios vão poder contar com a realização desta manifestação religiosa/cultural”, adianta a Câmara de Lagoa, realçando que objetivo desta iniciativa passa pela “preservação e promoção da cultura e das tradições que fazem parte da memória coletiva do povo lagoense e dos açorianos e que contribui para definir a identidade do concelho e dos Açores naquilo que têm de mais singular como é o caso do culto ao Divino Espírito Santo, que se assume como uma devoção com grande tradição no seio daquela comunidade lagoense”.

JA

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Tamanho da Fonte
Contraste
%d bloggers like this: