MODALIDADES

Loulé Open: Pedro Araújo e Gonçalo falcão seguem em frente no torneio

Loulé Open
Pedro Araújo
Lisboeta de 19 anos alcançou o melhor resultado da carreira e apura-se para as meias finais, Gonçalo Falcão ruma à final de pares

Pedro Araújo continua a elevar a fasquia e esta sexta-feira qualificou-se pela primeira vez para as meias-finais de singulares de um torneio do circuito internacional ao somar uma das melhores vitórias da carreira no Loulé Open, prova dotada de 25.000 dólares e organizada pelo 11.º ano consecutivo no Clube de Ténis de Loulé. Na variante de pares o lisboeta de 19 anos falhou o acesso à final, onde estará o compatriota Gonçalo Falcão.

Se nas eliminatórias anteriores já se tinha exibido a um bom nível para ultrapassar Sebastian Fanselow (419.º) e Laurent Lokoli (522.º), esta sexta-feira o jovem da Escola de Ténis Jaime Caldeira (atual 798.º classificado no ranking ATP) confirmou a boa forma e aproveitou a maior frescura física em relação a Arthur Cazaux para derrotar o francês (342.º) por 6-1 e 6-4 e somar a primeira vitória da semana em duas partidas.

Há uma semana, em Setúbal, os dois já tinham estado frente a frente e se na altura o triunfo sorriu em três sets ao ex-finalista do Australian Open de juniores (que na primeira paragem em solo português só parou com o troféu de campeão nas mãos), desta vez o francês acusou o peso dos nove encontros anteriores realizados em solo português e Araújo conseguiu tirar proveito da melhor forma física para levar Cazaux ao limite.

loulé-open
Gonçalo Falcão

As três vitórias no Clube de Ténis de Loulé já valeram a Pedro Araújo a melhor semana da carreira na variante de singulares, depois de ter alcançado por duas vezes os quartos de final em torneios realizados em Vale do Lobo (outubro de 2020 e março de 2021). Para ir um passo mais longe e marcar presença na primeira final, o jovem português terá de passar por Kaichi Uchida, que confirmou o estatuto de terceiro cabeça de série ao derrotar o australiano Rickley Hijikata por 6-3, 1-6 e 6-4 para se aproximar de mais um título na região algarvia, depois de vencer o ITF de Vale do Lobo em março.

A outra meia-final de singulares será disputada entre o alemão Lucas Gerch (485.º), responsável pela eliminação de Yusuke Takahashi (544.º) com os parciais de 6-1 e 6-0 em apenas 70 minutos, e o austríaco Maximilian Neuchrist (676.º), que levou a melhor sobre o qualifier espanhol Adria Soriano Barrera (1007.º ATP) por 6-4 e 6-4.

PUB
Tamanho da Fonte
Contraste