PAÍS ÚLTIMAS

Mais 2600 militares da GNR controlam trânsito no fim de semana

A GNR vai reforçar em 2638 efetivos o número de militares que patrulham o trânsito durante este fim de semana, numa operação designada por “Viagem Segura”, anunciou hoje aquela força de segurança.

Em comunicado, a Guarda Nacional Republicana (GNR) dá conta do aumento da vigilância entre as 16:00 e as 24:00 de hoje e entre as 15:00 e as 23:00 de domingo, num fim de semana em que se espera um aumento de tráfego por coincidir com o meio do mês, período em que muitos portugueses começam, ou terminam, a sua quinzena de férias.

Além do reforço do número de efetivos, fonte da GNR adiantou à Lusa que estes vão estar equipados com mais 1014 viaturas, 905 alcoolímetros, 44 radares de controlo de velocidade e 50 equipamentos especiais, designadamente radares Provida (que são instalados nas viaturas da GNR) e balanças para peso de veículos, entre outros.

No comunicado, a GNR explicita que este “início de quinzena é um período de grande volume de tráfego com destino às principais zonas balneares do país, para além de coincidir com outros eventos, nomeadamente a concentração motard em Faro, o grande Prémio ‘Le Mans series’, no autódromo do Algarve, e o festival de música ‘Super Bock Super Rock’”.

O porta voz da GNR, capitão João Figueiredo, explicitou à Lusa que o Algarve, pelos eventos que aí decorrem durante o fim de semana, vai ser uma área privilegiada no reforço de patrulhamento por parte da GNR.

Mas João Figueiredo lembrou que “a Guarda está presente em cerca de 94 por cento do território”, pelo que as ações não vão descurar outras áreas, nomeadamente “todo o litoral” e o interior norte e centro, sobretudo a zona de Vilar Formoso, onde se começa a sentir um maior afluxo de trânsito devido às férias dos emigrantes.

A operação “Viagem Segura” vai dar “prioridade a ações de prevenção e de apoio aos cidadãos, com destaque para a visibilidade das patrulhas com vista a um reforço da segurança rodoviária”.

A GNR alerta que, durante este período, vai dar especial atenção ao “incumprimento de regras que regulam o uso de dispositivos de sinalização luminosa, ao estado de conservação dos pneumáticos e ao uso de sistemas de retenção nos bancos dianteiros e traseiros”

Sob a atenção da força militar vai estar também a “utilização indevida de auscultadores sonoros e aparelhos radiofónicos e a condução agressiva, que coloque em causa a segurança” na estrada.

A GNR vai proceder também ao controlo da velocidade, da alcoolemia e de estupefacientes.

AL/JA

Advertisements

Assine já com 10% de desconto. Cupão: CPNOVO Ignorar

Tamanho da Fonte
Contraste
%d bloggers like this: