ALGARVE ATUALIDADE ÚLTIMAS

Misericórdias algarvias perspetivam “anos difíceis”

.

O novo presidente do secretariado regional da União das Misericórdias Portuguesas, que junta as 15 instituições existentes na região, prevê mais “anos difíceis” devido à crise. João Amado deixa ainda um alerta: “o Estado não pode continuar à espera que sejam sempre as misericórdias a avançar com o apoio social”, pois o número de carenciados está a aumentar e a ajuda já atingiu os limites…

(Toda a informação na edição em papel do JA – 17 de janeiro)

Foto: Armindo Vicente

PUB
Tamanho da Fonte
Contraste