ALGARVE

Município de Albufeira recebe cidadã que salvou jovem com desfibrilhador

A Vice-Presidente (à direita) homenageia Dina Delgado
A Vice-Presidente (à direita) homenageia Dina Delgado

A vice-presidente do Município de Albufeira, Ana Pífaro, acompanhada por dois técnicos do serviço de Saúde e Segurança no Trabalho, recebeu esta sexta-feira, dia 3 de setembro, nos Paços do Concelho, a cidadã que no dia 14 de agosto salvou a vida de um jovem de 21 anos, que na altura se encontrava a passar férias no concelho, com recurso a um desfibrilhador.

Dina Delgado, que é residente em Albufeira e tem o curso de Operacional de DAE (Desfibrilhação Automática Externa), contou publicamente na primeira pessoa como tudo aconteceu, diz a autarquia em comunicado de Imprensa.

A cidadã encontrava-se na piscina de um condomínio turístico, em Santa Eulália, quando se apercebeu que um jovem estaria a ter um ataque epilético.

Rapidamente, com a ajuda de um familiar, retirou o jovem da água e deu início às manobras de SBV – Suporte Básico de Vida.

Daniel, de 21 anos, natural de Famões, “entrou em paragem cardiorrespiratória em menos de um minuto, estava inconscinente, não respirava e tinha ausência de pulso”, recorda Dina Delgado, que apesar da adrenalina provocada pela situação, se lembrou que a poucos metros do local, em frente ao Posto de Turismo de Santa Eulália, havia um desfibrilhador e, enquanto realizava o SBV, solicitou a um senhor que, também, ali se encontrava que o fosse buscar rapidamente.

Por coincidência, numa vivenda ao lado, estavam cinco médicos que ao se aperceberem da situação auxiliaram Daniela nas manobras de SBV. Já com a presença da VMER no local, e com os elétrodos colocados, recebeu indicação para aplicar os choques que permitiram ao jovem recuperar a circulação.

Daniel foi transportado para o Hospital de Faro, ainda inconsciente e ventilado, recuperou e atualmente encontra-se bem, de acordo com a informação do enfermeiro do serviço de Saúde e Segurança no Trabalho do Município de Albufeira, que nesse dia encontrava-se de serviço na viatura médica de emergência e reanimação e que acompanhou o jovem.

Ao recordar o episódio, Dina Delgado referiu que foi um momento marcante e de aprendizagem: “Sinto-me orgulhosa por ter contribuído para salvar a vida deste jovem, mas perante a situação limitei-me a agir e a seguir os procedimentos que aprendi na minha formação de Operacional de DAE, em cuja reciclagem, que fiz no passado mês de março, se debateu amplamente como atuar perante uma vítima que se encontre dentro de água”.

Dina aproveitou a oportunidade para dar os parabéns ao Município de Albufeira pela implementação deste tipo de equipamentos na via pública, essenciais para salvar vidas em caso de paragem cardiorrespiratória, e confessou estar cada vez mais motivada para melhorar as suas competências e continuar a ajudar o próximo.

PUB
Tamanho da Fonte
Contraste