ALGARVE

Oito migrantes do Norte de África desembarcaram na praia de Monte Gordo

.
[mobileonly] [/mobileonly]

Oito migrantes com idades entre os 16 e os 20 anos, alegadamente originários de Marrocos, desembarcaram a meio da manhã desta quarta-feira na zona poente da povoação de Monte Gordo e estão a ser ouvidos pelas autoridades, confirmou o JORNAL DO ALGARVE junto de fonte da Capitania de Vila Real de Santo António.

Segundo o comandante Rocha Pacheco, o alerta foi dado cerca das 10:30 por um popular, que estranhou as movimentações de um grupo de pessoas junto às dunas e a existência de uma embarcação à deriva na zona de rebentação.

Os migrantes, que alegaram estar no mar há cinco dias e se queixaram de fome e frio, foram acompanhados pela Polícia Marítima para as instalações da Capitania do Porto de Vila Real de Santo António, onde estão a ser ouvidos pela autoridade marítima, que já contactou o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF).

Segundo Rocha Pacheco, os jovens sustentam que o seu objetivo inicial seria o sul de Espanha, mas acabaram por derivar para poente, dando à costa próximo da zona dos pescadores, a poente da vila de Monte Gordo. O comandante considera “plausível” aquela alegação dos jovens, já que o mar de sueste que se tem feito sentir nos últimos dias tem tendência para movimentar as embarcações para poente.

Acrescentou que competirá agora ao SEF dar seguimento ao processo e ao Ministério Público determinar o ulterior destino dos oito adolescentes.

A embarcação foi rebocada para o porto de pesca de Vila Real de Santo António.

Entretanto, fonte do SEF disse à Lusa que os oito jovens foram detidos por suspeitas de imigração ilegal depois de terem sido intercetados na praia de Monte Gordo.


Segundo a mesma fonte, as autoridades estão agora a proceder a diligências para “apurar a nacionalidade e as idades” dos oito jovens – transportados para o comando local da Polícia Marítima de Vila Real de Santo António, no distrito de Faro -, que alegam ser marroquinos, mas que não possuem documentos.


De acordo com a fonte do SEF, os jovens alegam que provêm da cidade de El Jadida, em Marrocos.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Tamanho da Fonte
Contraste
%d bloggers like this: