Parlamento Europeu aprova limites para bónus e novas regras sobre fundos próprios

O Parlamento Europeu aprovou hoje em Estrasburgo nova legislação sobre os fundos próprios dos bancos e sobre a política de bónus aos banqueiros, que prevê, pela primeira vez, limites para estes prémios.

O Parlamento Europeu aprovou hoje em Estrasburgo nova legislação sobre os fundos próprios dos bancos e sobre a política de bónus aos banqueiros, que prevê, pela primeira vez, limites para estes prémios.

O voto da assembleia “confirmou” o acordo que já havia sido alcançado entre os representantes do Parlamento e do Conselho (Estados-membros) e que contempla limites para os bónus, o diferimento de uma percentagem do prémio por um período mínimo de três anos e o reforço dos requisitos de fundos próprios dos bancos, para que estes estejam melhor preparados para fazer face a crises futuras.

O documento estabelece que os bónus não devem ser desproporcionais em relação aos salários, que devem obedecer a diretrizes europeias, e que apenas 30 por cento do bónus total poderá ser pago em dinheiro, ou 20 por cento no caso de bónus particularmente elevados.

JA/Lusa

pub

 

 

 

pub

WP2FB Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Tamanho da Fonte
Contraste