ALGARVE

Portimão: 350 mil euros da GP F1 de Motonáutica vão para ventiladores (Covid-19)

Isilda Gomes, presidente da Câmara de Portimão, decidiu cancelar a realização do Grande Prémio de Portugal de Motonáutica F1, destinando os 350 mil euros, a gastar com o evento, para a aquisição de ventiladores hospitalares, adianta o jornal Observador.
Fonte da câmara municipal de Portimão adiantou ao Observador que a presidente da autarquia tomou a decisão cancelar a tradicional etapa do circuito mundial da modalidade e que se iria disputar ao largo da zona ribeirinha de Portimão entre os dias 8 e 10 de maio próximo, “em virtude da atual situação pandémica relacionada com o coronavírus (Covid-19)” propondo que os 350 mil euros destinados pelo Município à realização da prova sejam doados ao Hospital de Portimão para a aquisição de ventiladores.
“Esta medida de saúde pública reforça a estratégia adotada pelas autoridades municipais no sentido de combater eficazmente a pandemia, cancelando todo o tipo de eventos sociais, culturais e desportivos, ao mesmo tempo que vai contribuir para o reforço do equipamento aplicado ao tratamento dos pacientes da unidade hospitalar local”, conclui Isilda Gomes.

Tamanho da Fonte
Contraste
Bloggers %d como este: