Protestos contra touradas geram confusão em Albufeira

A última tourada do ano vai ser realizada esta sexta-feira, dia 27 de outubro, e contará com mais um protesto à porta.

Cerca de 35 ativistas manifestaram-se, na passada sexta-feira, em frente à praça de touros de Albufeira, contra a realização de touradas naquele concelho.

O protesto foi organizado pelo movimento Cidade Albufeira Anti Tourada (CAAT), que foi criado em 2013 com o intuito de colocar fim aos maus tratos de animais inerentes à tourada em Albufeira.

Segundo o CAAT, “os manifestantes eram maioritariamente mulheres, crianças e algumas idosas, que se pautavam por um comportamento sereno e tranquilo, sem recurso a qualquer tipo de violência verbal ou física”.

No entanto, os problemas começaram quando foi lançado um projétil de fogo, que os ativistas garantem ter partido de dentro da praça de touros, que provocou confusão. “Alguns manifestantes caíram e sofreram escoriações superficiais. A única vítima que apresentava escoriações maiores foi uma criança que acompanhava um casal de turistas que estava junto dos manifestantes, e que caiu em cima de vidros após ouvir a explosão”, denuncia o movimento anti-tourada, adiantando que vários manifestantes apresentaram queixa na GNR contra desconhecidos, por “tentativa de homicídio”.

O grupo garante ainda que “várias mulheres ativistas da causa animal sofreram ameaças, assédio e até ofensas verbais nos seus locais de trabalho devido ao seu apoio e solidariedade para com o fim das touradas em Albufeira”.

Apesar desta situação, o CAAT promete continuar a lutar pelo fim das touradas em Albufeira. A última tourada do ano vai ser realizada esta sexta-feira, dia 27 de outubro, e contará com mais um protesto à porta.

- Publicidade -

NC|JA

- Publicidade-spot_img

Deixe um comentário

- Publicidade-spot_imgspot_img

+ Populares

- Publicidade -spot_img
- Publicidade -santos-populares-portimao

Leia Também

2 COMENTÁRIOS

  1. Exercem ou aplaudem a violência e a tortura exercida sobre animais touros e cavalos num espectáculo autorizado pelas permissivas e injustas leis do país.. Atacam , também, pessoas que, pacífica e legitimamente, protestam contra essa barbaridade.
    E assim vai acontecendo neste país apregoado de “civilizado e de brandos costumes”.

  2. NÃO DESISTAM !!! CONTINUEM LUTANDO, PORQUE ISSO NÃO É CULTURA, NEM TRADIÇÃO, É CRIME !!! É ASSASSINATO !!! SÃO TODOS PSICOPATAS !!!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite o seu nome

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Tem uma Dica?

Contamos consigo para investigar e noticiar

Tamanho da Fonte
Contraste