POLÍTICA

PS expulsa Narciso Miranda

A Comissão Nacional de Jurisdição do PS deu luz verde à expulsão do partido do ex-autarca de Matosinhos e de várias dezenas de outros militantes.

O presidente da Comissão Nacional de Jurisdição do PS, António Ramos Preto, confirmou ao Expresso a expulsão de Narciso Miranda e de várias dezenas de militantes socialistas das federações do Porto, Bragança e Coimbra.

A sanção aplica-se, segundo Ramos Preto, aos militantes que violaram os estatutos do partido por se terem apresentado, nas últimas autárquicas, em listas adversárias às do Partido Socialista.

“É uma das situações objetivas e concretas que justificam a explusão”, explicou Ramos Preto, refutando que seja “uma sanção por delito de opinião”. “É muito difícil haver expulsões no PS a não ser por esta razão”, acrescentou.

O presidente da Comissão Nacional de Jurisdição do PS adiantou ainda que o orgão disciplinar só tomou esta decisão a partir das propostas feitas pelas federações, adiantando que há mais processos ainda em fase de apreciação.

A decisão, tomada na semana passada, produz efeitos imediatos a partir do momento em que os militantes em causa recebam as respetivas notificações, o que deverá acontecer ao longo dos próximos dias.

Rede Expresso
PUB
Tamanho da Fonte
Contraste