ALGARVE

PSP apreende 100 peças de roupa por uso ilegal de marca em Portimão

[mobileonly] [/mobileonly]

Os agentes da Polícia de Segurança Pública (PSP) da Esquadra da Divisão Policial de Portimão apreenderam ontem cerca de uma centena de peças de roupa na zona da Praia da Rocha, pelo crime de uso ilegal de marca, anunciou a força de segurança.

Enquanto decorria um patrulhamento naquela zona da cidade, a Equipa de Segurança ao Turismo daquela esquadra encontrou uma mulher de 41 anos “com vários artigos de vestuário expostos sob um pano no chão, em clara prática de venda ambulante”, refere a PSP em comunicado.

As peças de vestuário tinham “vários nomes de marcas oficiais, bem como as suas etiquetas eram idênticas/iguais às de marca oficial, mostrando também o preço praticado”.

Segundo o comunicado, a mulher “não soube prestar informação de relevo, nem apresentava qualquer documento comprovativo da sua aquisição”, além de ter afirmado que não possuía “qualquer autorização para comercializar artigos com marca registada no Instituto Nacional de Propriedade Industrial”, encontrando-se assim a praticar um crime de uso ilegal de marca.Os representantes legais das 22 marcas foram contactados pela PSP e manifestaram o desejo de apresentar queixa. 

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Tamanho da Fonte
Contraste
%d bloggers like this: