ALGARVE

QREN vai apoiar a requalificação de hotéis algarvios

O gestor do PO Algarve 21 (Programa Operacional do Algarve), David Santos, revelou aos empresários algarvios do Turismo que o apoio a projetos de requalificação hoteleira na faixa litoral sul foi o principal ajustamento introduzido no acesso a fundos comunitários do QREN (Quadro de Referência Estratégico Nacional) no Algarve.

O gestor, e presidente da CCDR Algarve, participou numa sessão na ERTA, sobre os avisos de abertura de concurso no âmbito do Pólo de Competitividade e Tecnologia «Turismo 2015» – Sistema de Incentivos à Inovação (projetos nas áreas da inovação produtiva e empreendedorismo qualificado) e Sistema de Incentivos à Qualificação e Internacionalização de PME (projetos individuais de qualificação), um road show organizado pelo Turismo de Portugal.

Os cerca de 140 estabelecimentos hoteleiros (hotéis, hotéis-apartamento e pousadas) existentes na faixa litoral sul do Algarve são, assim, os potenciais beneficiários desta nova linha de apoio.

O objetivo passa pela qualificação da oferta existente por forma a garantir ou aumentar os níveis de qualidade alcançados. A requalificação é, também, uma prioridade política a nível nacional.

Mantém-se a exigência de apoio a projetos com elevado perfil diferenciador face à oferta turística existente no território, tendo em vista o seu posicionamento em segmentos de maior valor acrescentado (4 e 5 estrelas).

Os dois Avisos em vigor no âmbito do Sistema de Incentivos à Inovação encerram a 26 de abril e totalizam uma dotação no Algarve de 18 Milhões de Euros.

Até ao momento encontram-se aprovados no PO Algarve21, no setor área do turismo, 41 projetos empresariais com um incentivo atribuído de 13 milhões de euros, que permitirão alavancar um investimento total estimado de cerca de 88 milhões de euros.

Recorde-se que o QREN constitui o enquadramento para a aplicação da política comunitária de coesão económica e social em Portugal.

PUB
Tamanho da Fonte
Contraste