Tavira e Albufeira: Moinhos abrem as portas a visitantes

moinho

No âmbito do programa de salvaguarda “Dieta Mediterrânica Todo o Ano” e do Dia Nacional dos Moinhos realiza-se, no dia 7 de abril, a partir das 10h30, em Cachopo, a iniciativa “Saberes do pão e cereais”.

O programa inclui visita ao moinho com o mestre moleiro Custódio Campos e o mestre construtor Manuel Lourenço, responsável pela recuperação da cobertura em palha de centeio.

A iniciativa contempla ainda um piquenique com papas de milho como sabor central e uma visita ao núcleo museológico de Cachopo com Otília Cardeira e Anabela Teixeira. Haverá, ainda, uma conversa sobre cereais e usos dos mesmos com Ana Arsénio, da associação In Loco.

“A iniciativa reunirá pessoas conhecedoras das práticas e dos usos dos cereais e pessoas interessadas nos saberes, sabores e paisagens das ‘terras de pão’”, salienta a organização, frisando que “o valor do ‘pão’ reflete-se nas estruturas de transformação e profissões associadas, moinhos e moleiros, fornos que na serra são frequentemente comunitários”.

A inscrição, obrigatória e limitada, deverá ser efetuada até dia 5 de abril. A iniciativa tem um custo de cinco euros para adultos e é gratuito para crianças até aos 12 anos.

Moinho de Albufeira abre portas aos visitantes

No Dia Nacional dos Moinhos, o município de Albufeira vai realizar visitas livres ao Moinho do Cerro do Malpique, no próximo fim de semana, dias 6 e 7 de abril.
O programa inclui ainda uma sessão de cinema ao ar livre com a projeção do filme “Don Quixote, the ingenious gentleman of La Mancha”.
Assim, no sábado (6), o moinho estará aberto entre as 16h00 e as 23h00, permitindo que os interessados possam visitar livremente o interior do moinho. Às 21h00 haverá a sessão de cinema ao ar livre com a projeção do filme sobre Dom Quixote. No domingo, 7 de abril, o horário das visitas é das 10h00 às 18h00.
Refira-se que o tradicional moinho da outrora vila de Albufeira foi recuperado num projeto liderado pelo arquiteto José Alberto Alegria e inaugurado em 2017, no dia 20 de agosto, no âmbito das celebrações do Dia do Município.
O projeto de reabilitação do moinho e da envolvente exterior, que custou 144 mil euros, recorreu a técnicas tradicionais e à construção de raiz de um engenho, que permitiu recuperar a sua função original: a moagem de cereais através da força motriz do vento.

pub

 

 

 

pub

WP2FB Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Tamanho da Fonte
Contraste