POLÍTICA

“Tomei a decisão mais difícil da minha vida mas fi-lo por VRSAntónio”

AlvaroLeal333
Álvaro Leal
Álvaro Leal diz não lhe restar outra alternativa depois do PCP não permitir que os anseios dos vilarrealenses fossem respeitados

“Decidi aceitar a vereação em regime de permanência e assumir responsabilidades em pelouros como o Desporto, Juventude,  Ambiente e a Modernização Administrativa, entre outros, porque é a opção mais responsável, a que melhor serve a nossa terra e aquela para a qual fui aconselhado pelos muitos candidatos e apoiantes da lista que encabecei” – justifica, em nota enviada às redações, Álvaro Leal, vereador eleito pela CDU à Câmara Municipal de Vila Real de Santo António, confirmando a notícia adiantada em primeira mão pelo Jornal do Algarve.

Dizendo ter preferido continuar a ter o apoio da CDU numa “caminhada que nunca desejou fazer sozinho” não lhe restou outra alternativa depois de “infelizmente,” a Direção Regional do PCP ter recusado o seu pedido, “não permitindo que os anseios dos Vilarrealenses fossem ouvidos e respeitados”.
Álvaro Leal vai mais longe na sua justificação, considerando que “a situação gravosa do nosso concelho é conhecida por todos e merece que cada um de nós faça os sacrifícios necessários para inverter esta situação. A opção proposta pelo PCP levaria a reuniões de câmara exaustivas, sem resultados positivos e consequentemente só prejudicaria em muito o funcionamento regular que é necessário implementar no município e que poderia levar a uma situação similar à que se viveu em Castro Marim em 2019 e que em nada contribuiu para desenvolvimento do concelho vizinho e que, na nossa realidade, só beneficiaria o retorno do PSD de Luís Gomes”.
“Tomei a decisão mais difícil da minha vida, mas fi-lo de forma muito ponderada e consciente que é a mais benéfica para presente e futuro do meu concelho e sem olhar aos interesses partidários” – sublinha o vereador eleito pela CDU.
Álvaro Leal promete: ” no exercício do meu mandato, irei manter a minha independência e os valores que nortearam a minha candidatura e a minha vida, e espero e desejo o apoio de todos e desde logo da CDU”.
E conclui dizendo estar certo que ” o tempo e o trabalho da equipa que irei escolher, irão provar o quanto acertada foi esta decisão, porque aquilo que sempre quisemos foi trabalhar por Vila Real de Santo António”.

PUB
Tamanho da Fonte
Contraste