Ferreira Leite acusa Governo de usar os funcionários de empresa públicas na “guerrilha com o Constitucional”

.
.

Manuela Ferreira Leite acusou esta noite o Governo de Pedro Passos Coelho de estar a utilizar os funcionários das empresas públicas na sua “guerrilha” com o Tribunal Constitucional.

“O Governo está muito mais preocupado com a guerrilha com o Tribunal Constitucional do que com o problema das pessoas”, afirmou a ex-líder do PSD na TVI 24.

Ferreira Leite referiu que a decisão do Constitucional, de repor os subsídios de férias e de Natal, criou uma situação de penalização relativamente aos duodécimos já pagos aos funcionários de empresas públicas.

Acrescentando não acreditar contudo que essa situação não será corrigida (até porque considera que facilmente viria a sê-lo posteriormente quando os funcionários recorressem aos tribunais) e que o Governo está a manter a indeterminação sobre o assunto, para criar uma pressão sobre o Constitucional.

“Há muita tentativa, sempre que há uma decisão do tribunal constitucional, de fazer crer que não valeu de nada, porque a solução será pior para as pessoas”, afirmou.

“O Governo devia evitar estar numa situação permanente de guerrilha com o tribunal constitucional (…) Dever-se-á ter consideração pelas pessoas, ainda por cima tratando-se de pessoas com vencimentos muito baixos”.

A ex-líder do PSD aconselhou o Governo a colocar um fim nesse ambiente de guerrilha, pois para além de não funcionar – uma vez que “a opinião pública encara o Tribunal Constitucional como seu defensor” – ameaça descredibilizar a nossa imagem no exterior. “Eu espero que não seja o próprio Governo a transmitir a ideia de que a estabilidade política não é possível”, afirmou.

RE

pub

 

 

 

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Tamanho da Fonte
Contraste