Algarve perdeu 1,8 milhões de dormidas em três anos