ALGARVE ATUALIDADE ÚLTIMAS

Câmara quer obrigar bares a fechar mais cedo

.

Os donos dos bares estão contra a alteração dos períodos de funcionamento dos estabelecimentos comerciais em Lagos, que determinam o encerramento até à meia-noite. A proposta, que se encontra em consulta pública até sábado, está a gerar uma onda de indignação por parte dos empresários de animação noturna, que estão a promover um abaixo-assinado para travar a intenção da autarquia. A petição já conta com mais de duas mil assinaturas, mas a Câmara de Lagos parece determinada em avançar com o novo regulamento

A alteração ao regulamento dos períodos de funcionamento dos estabelecimentos de venda ao público do concelho de Lagos, que foi aprovada a 12 de dezembro pela câmara municipal e está prestes a ser também aprovada pela assembleia municipal, está a gerar muita controvérsia naquele município.

A medida, que está em processo de apreciação pública até ao próximo dia 12 de janeiro, vem determinar que todos os bares do concelho têm de encerrar à meia-noite, ao mesmo tempo que as cafetarias ficam impedidas de abrir portas antes das 8h00 da manhã, entre outros exemplos.

A alteração do regulamento municipal não agrada aos donos dos bares e restaurantes que funcionam até mais tarde, que se reuniram para promover um abaixo-assinado a contestar a intenção da Câmara de Lagos.

Na petição, que neste momento já conta com mais de 2000 assinaturas, os empresários argumentam que o encerramento dos estabelecimentos que costumam ficar abertos durante a madrugada vai ter efeitos muito negativos para a economia local…

(Toda a informação na próxima edição em papel do JA – dia 10 de janeiro)

NC/JA
PUB
Tamanho da Fonte
Contraste