CIÊNCIA CIÊNCIA & TECNOLOGIA ÚLTIMAS

Especiaria pode tornar quimioterapia mais eficaz

[mobileonly] [/mobileonly]

Uma especiaria utilizada há séculos para apimentar o caril está a revelar resultados positivos no tratamento do cancro. O pó de cor amarela ou laranja parece ajudar a encontrar e destruir as células cancerígenas mais resistentes à quimioterapia.

Investigadores da Universidade de Leicester, na Grã-Bretanha, estão a utilizar o extracto de uma raiz da família do gengibre para encontrar células resistentes à quimioterapia.

Karen Brown, a cientista que comanda as investigações, explicou ao DailyMail online que «o tratamento para o cancro se depara muitas vezes com pequenas populações de células que permanecem responsáveis pelo regresso da doença, essas células parecem ter propriedades diferentes das outras, o que faz com que sejam resistentes à quimioterapia».

São precisamente essas células, mais resistentes, que a especiaria consegue reduzir e matar, impedindo a doença de regressar e aumentando os resultados da quimioterapia.

Para além de utilizado para tornar o caril mais picante, este pó tem sido utilizada para fins medicinais durante séculos. A medicina ocidental investiga agora o seu potencial para tratar doenças como o Alzheimer e a artrite, entre outras.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Tamanho da Fonte
Contraste
%d bloggers like this: