POLÍTICA

José Apolinário é o candidato escolhido pelo PS à presidência da CCDR Algarve

[mobileonly] [/mobileonly]

O presidente do PS Algarve, Luís Graça, confirmou hoje que José Apolinário é o candidato escolhido pelo PS à presidência da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional (CCDR) do Algarve.

Em declarações ao JA, o também deputado socialista eleito pelo Algarve precisou que a pré-candidatura partiu do próprio secretário de Estado das Pescas e recolheu a unanimidade da Federação algarvia dos socialistas, autarcas do partido e do próprio secretário-geral, António Costa.

“Foi uma atitude de grande humildade do José Apolinário, eu próprio lho disse”, disse Luís Graça, que classificou de “segredo mal guardado” a escolha dos socialistas para a primeira eleição indireta dos órgãos diretivos da CCDR Algarve, que decorrerá a 13 de outubro.

Tendo em conta que o colégio eleitoral é composto por autarcas da região, na sua larga maioria do PS, Apolinário deverá ter a sua eleição garantida, por parte de um colégio eleitoral composto pelos presidentes e vereadores dos 16 municípios do Algarve, membros das assembleias municipais e presidentes das juntas de freguesia.

José Apolinário, que já foi deputado e presidente da Câmara de Faro, é desde 8 de Abril, coordenador regional do combate à Covid-19 no Algarve, primeiro no estado de Emergência, depois no de Calamidade e agora no Alerta.

Segundo o Público, ao que tudo indica, haverá um acordo entre PS e PSD, que determina que as CCDR do Algarve, Alentejo e Lisboa e Vale do Tejo ficarão na mão dos socialistas e as do Centro e Norte cairão para o PSD.

As regras que foram definidas para estas eleições indiretas determinam que os candidatos à presidência e à vice-presidência (o outro vice-presidente é escolhido pelo Governo, para garantir a paridade) têm de ser indicados por um partido com representação na região ou, no caso dos independentes, apresentar um processo de candidatura subscrito por 15% do colégio eleitoral composto por autarcas eleitos.

A portaria que enquadra estas eleições, que acontecem pela primeira vez na história – antes, era o Governo que escolhia o presidente das CCDR, entidade que representa o Estado Central e que é responsável pela gestão dos Fundos da União Europeia nas diferentes regiões – determina que o colégio eleitoral é composto pelos presidentes das Câmaras, das Assembleias Municipais e das Juntas de Freguesia.

No Algarve, dos 16 municípios, dez têm presidentes de câmara socialistas, cinco sociais-democratas e um (Silves) da CDU, enquanto ao nível das juntas o Partido Socialista conta com quase dois terços dos eleitos, 45 em 67.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Tamanho da Fonte
Contraste
%d bloggers like this: