Lagoa dos Salgados como área protegida em consulta a partir de terça-feira

A abertura do período de discussão pública da proposta de classificação daquela reserva – abrangida pelos concelhos de Albufeira e Silves, – como área protegida de âmbito nacional, foi publicada em Diário da República em 22 de novembro, tendo a duração de 30 dias úteis.

Em comunicado, a associação ambientalista Almargem aplaudiu a proposta de classificação, que surgiu “após mais de 20 anos de reivindicações”, considerando que são necessárias “medidas concretas” a aplicar no terreno, assim como “a articulação com o futuro Parque Natural Marinho do Recife do Algarve”.

Para a Almargem, a proposta, que classificou como “um marco histórico para a conservação da natureza no Algarve”, é “também uma vitória de todos aqueles que ao longo de mais de duas décadas lutaram para que a Lagoa dos Salgados tivesse um estatuto de proteção” como o agora anunciado.

“Recorde-se que a proteção desta área é há muito reivindicada, por várias Organizações Não-Governamentais de Ambiente”, sublinhou a Almargem, que participa na Plataforma dos Amigos da Lagoa dos Salgados, que, entre outros, integra Frank McClintock, responsável pela petição “Save Salgados”, que mobilizou “mais de 35.000 pessoas em torno desta causa”.

A Almargem referiu ter promovido em 2019 um estudo sobre três zonas húmidas da região que não gozavam de qualquer estatuto de proteção, estudo que viria a concluir a importância da Lagoa dos Salgados e a necessidade de promover a sua proteção efetiva por via da classificação .

“Em boa hora, a autarquia de Silves, à semelhança da de Loulé, mas ao contrário do vizinho concelho de Lagoa, acolheu as medidas propostas no referido estudo para a área, tal como o ICNF, entidade que por várias vezes chegou a questionar da importância dos valores naturais em presença nesta área”, lê-se na nota.

- Publicidade -

Segundo a Almargem, a confirmar-se a criação da Reserva Natural da Lagoa dos Salgados, esta será a segunda na região a integrar a designada Rede Nacional de Áreas Protegidas, depois da Reserva Natural do Sapal de Castro Marim e Vila Real de Santo António.

No Algarve, recorda a organização, existe ainda o Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina, o Parque Natural da Ria Formosa e as Áreas de Paisagem Protegidas Locais da Rocha da Pena e da Fonte Benémola.

“Recorde-se que a área onde se localiza a Lagoa dos Salgados, integra uma vasta área, conhecida por Praia Grande, onde se inclui uma outra zona húmida – o Sapal/Foz da Ribeira de Alcantarilha, a qual apresenta um grande interesse científico ao nível geológico e biológico, não só por albergar uma grande quantidade e variedade de espécies de aves, mas também pela sua riqueza em flora, o qual é fruto de um mosaico de habitats”, conclui.

Durante o período de discussão pública da proposta, que terá a duração de 30 dias úteis, os documentos que compõem o processo podem ser consultados a partir do portal do Instituto de Conservação da Natureza e Florestas (ICNF), em https://www.icnf.pt/, e do portal Participa, em https://participa.pt/.

Já a consulta presencial dos documentos poderá ser feita durante o horário normal de expediente nos serviços centrais do ICNF, na Avenida da República, n.º 16, em Lisboa, e na Direção Regional da Conservação da Natureza e Florestas do Algarve, no Centro de Educação Ambiental de Marim, Quelfes, Olhão.

No aviso publicado pelo ICNF, lê-se que, no âmbito das medidas adotadas para combate à covid-19, o atendimento presencial será efetuado apenas através de agendamento prévio para o endereço eletrónico [email protected]

Durante o período de consulta, os interessados podem apresentar as suas sugestões diretamente no portal Participa, através de correio eletrónico para o endereço [email protected] ou por correio postal dirigido ao Presidente do Conselho Diretivo do ICNF, para a morada da sede do instituto.

- Publicidade-spot_img

Deixe um comentário

- Publicidade-spot_imgspot_img

+ Populares

- Publicidade -spot_img
- Publicidade -santos-populares-portimao

Leia Também

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite o seu nome

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Tem uma Dica?

Contamos consigo para investigar e noticiar

Tamanho da Fonte
Contraste