Polícia na pista do homicida de cabeleireira de 68 anos em Faro


O comissário Hugo Marado, da PSP de Faro, acaba de revelar ao JA que as autoridades estão a seguir todas as pistas para capturar o homicida da mulher de 68 anos que foi encontrada morta, na tarde de quinta-feira, num cabeleireiro de Faro.

“A PJ ficou com a responsabilidade e está a investigar o caso porque tudo indica tratar-se de um homicídio. Esperamos que a recolha de vestígios no salão de cabeleireiro, na residência e no carro da vítima possam levar a um desfecho rápido deste caso”, disse o comissário.

De acordo com Hugo Marado, a PSP de Faro foi chamada por uma vizinha da vítima, que achou estranho não encontrar a amiga – que era dona do cabeleireiro há cerca de 20 anos – há dois dias. “Face a este contacto, fomos à residência mas ninguém abriu a porta, nem havia sinais de arrombamento. Conseguimos obter uma chave e verificámos logo que a habitação estava remexida e muito desarrumada. Foi então que fomos ao cabeleireiro no centro de Faro e encontrámos a senhora morta”, contou o comissário, acrescentando que a vítima apresentava “sinais de grande violência”.

Como referimos, o caso está a ser investigado pela Polícia Judiciária, que está a efetuar perícias que apontem pistas na direção do homicida.

NC

Adiconar comentário

Carregue aqui para comentar

Comentar

>
Tamanho da Fonte
Contraste