ALGARVE ECONOMIA

Trabalhadores da JJW Hotels convocam greve contra salários em atraso

Hotel de cinco estrelas da JJW Hotels na Penina
[mobileonly] [/mobileonly]

Os trabalhadores do Grupo JJW Hotels decidiram, por unanimidade, avançar para um dia de greve no próximo dia 12 de Junho (sexta-feira da próxima semana), para exigirem o pagamento dos salários em atraso e o cumprimento dos seus direitos, anunciou o Sindicato dos Trabalhadores da Indústria de Hotelaria do Algarve.

O grupo hoteleiro, que detém dois hotéis de cinco estrelas no Algarve (na Penina e Vale de Lobo), além de outros espalhados pelo mundo, é propriedade do sheik Mohamed Bin Issa Al Jaber.

Os trabalhadores realizaram ontem (segunda-feira) um plenário, decidindo-se pela greve, como forma de protesto contra os salários em atraso.

Segundo o sindicato, neste momento há trabalhadores que não receberam ainda a totalidade do salário do mês de Março e outros ainda não receberam nada do mês de Abril, além de já estar também em atraso o salário do mês de Maio.

“Mais uma vez, quando a direção da empresa teve conhecimento de que os trabalhadores se estavam a organizar para participar no plenário, os trabalhadores foram confrontados com uma nova promessa, que mais uma vez não foi cumprida na integra, e com telefonemas dos superiores hierárquicos para que os trabalhadores não participassem no plenário”, afirma a estrutura sindical.

O Sindicato da Hotelaria do Algarve apela aos trabalhadores para reforçarem a sua unidade e mobilização para a luta e exorta todos os trabalhadores a aderirem à greve do dia 12 de Junho.

Entretanto, o sindicato informa que irá enviar um pedido de reunião à administração para tentar evitar a greve.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Tamanho da Fonte
Contraste
%d bloggers like this: