O fabricante de automóveis sueco Volvo anunciou hoje que vai recolher quase 30 mil carros da marca em todo o mundo devido a um problema de caixa de velocidades, que pode tornar difícil aos condutores alternarem as mudanças.

“Trata-se de todos os modelos de 2010 e 2011 que têm uma caixa manual de seis velocidades”, anunciou o porta-voz da empresa Per-Aake Froesberg, precisando que ascendem a 29,299 unidades.

O mesmo porta-voz acrescentou que uma peça na alavanca das mudanças pode ter sido montada de forma incorreta, o que pode levar a que peça fique solta, impossibilitando os condutores de mudarem de velocidade.

O ‘recall’ (recolha de automóveis a pedido da marca) afeta mercados em todo o mundo, mas o mais atingido é o do Reino Unido (onde serão recolhidas 6.708 carros), seguido da Suécia e da Alemanha.

Froesberg insistiu que até ao momento não se registaram acidentes relacionados com este problema e acrescentou que a caixa de velocidades defeituosa “é muito fácil de arranjar”.

O mesmo porta-voz disse que os proprietários destes carros podem levá-los a um revendedor autorizado onde o problema poderá ficar resolvido em menos de uma hora.

A Volvo esteve mais de uma década sob controlo da Ford até março, quando foi vendida aos chineses da Geely.

NVI

***Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico***

JA/Lusa

Advertisements
albufeira -
Advertisements
Tamanho da Fonte
Contraste