Algarve presente nas “7 Ex Maravilhas Naturais” de Portugal

Construções em Quarteira e na Ria Formosa entre as possíveis finalistas

A eleição das maravilhas nacionais originou uma nova iniciativa onde os portugueses são convidados a eleger on-line as “7 ex maravilhas de Portugal”. Na lista de votações estão duas opções localizadas no Algarve, nomeadamente as construções ilegais na Ria Formosa e as urbanizações construídas em Quarteira. “É uma iniciativa cívica, um movimento cívico não organizado que nasceu da preocupação de algumas pessoas com o estado da natureza e do património natural português, ou seja, ex maravilhas”, explica um dos membros do comissariado, Pedro Quartin Graça. “São locais relativamente aos quais devemos ter atenção e relativamente aos quais temos de tomar uma ação no futuro”, acrescenta. O grupo pretende denunciar estas situações e acredita que a visibilidade do projeto poderá ajudar a criar uma maior preocupação com a defesa do património natural nacional. Para já, o grupo pretende percorrer o país e fazer um levantamento fotográfico de alguns dos locais cuja beleza natural tenha sido desvirtuada ou degradada. Quem visitar o site poderá conhecer outros dos locais já identificados, nomeadamente: o Rio Trancão, Sines, a Linha do Tua, a Cimenteira da Serra da Arrábida, a praia de Cruz Quebrada, Tróia, a “muralha da China” de Xira, a doença do Nemátodo do Pinheiro e a Barra de Esmoriz. O processo de identificação destas ex maravilhas decorre até dia 13 de junho, altura em que serão apresentadas os 13 locais finalistas. As sete ex maravilhas vencedoras vão ser conhecidas e anunciadas a 7 de Setembro.

JA/Lusa

Advertisements
Tamanho da Fonte
Contraste