COVID-19

Algarve tem 209 casos ativos de COVID-19 e 350 doentes recuperados

[mobileonly] [/mobileonly]

A região algarvia tem 209 casos ativos de COVID-19 e 350 doentes já recuperados da doença, segundo a Comissão Distrital de Proteção Civil de Faro.

A fonte refere no documento que existe um número acumulativo de 576 casos de COVID-19 e 17 óbitos, contrariando os dados divulgados hoje pela Direção-Geral de Saúde que informa que há um total de 574 infeções e 15 mortes.

No Algarve há apenas cinco pessoas internadas em unidades hospitalares, nenhuma delas em cuidados intensivos.

Segundo o documento, existem 793 pessoas em vigilância ativa pelas autoridades de saúde, já foram dadas 73 altas desde o início da pandemia e a taxa de recuperação é de 60,8%.

Até esta semana, o número de testes realizados corresponde a 8,4% da população residente no Algarve e já houve 36997 análises com resultados negativos na região.

Em relação ao surto resultante de uma festa ilegal que decorreu em Odiáxere, no início do mês, o número de pessoas infetadas subiu de 111 para 119, estando duas pessoas internadas e o resto em tratamento no seu próprio domicílio.

A maior parte da população afetada por este surto reside em Lagos, com uma percentagem de 73%, 17% reside no concelho de Portimão, 8% em Albufeira e 2% noutros concelhos.

Entre os infetados, 21 deles têm idades compreendidas entre os 0 e os 9 anos, 17 entre os 10 e os 19, 43 entre os 20 e os 29, 21 entre os 30 e os 39, 7 entre 40 e os 49, 5 entre os 50 e os 59 e outras 5 entre os 60 e os 69 anos.

Para controlar este surto, foram realizados 1990 testes de diagnóstico à doença.Até esta semana, estavam acionadas apelas três Zonas de Apoio à População, em Albufeira, Portimão e Tavira “para quarentena/isolamento profilático”.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Tamanho da Fonte
Contraste