ECONOMIA MUNDO

Bolsas mundiais perderam 1,8 biliões de euros na semana que findou

[mobileonly] [/mobileonly]

Foi mais uma semana castigadora para a capitalização bolsista. Desde o início de novembro, o “urso” dos mercados já “limpou” €3,8 biliões.

Foi mais uma semana negra nas bolsas mundiais. Poderia ter sido pior se não tivesse ocorrido um feriado em Wall Street pelo dia de Ação de Graças na quinta-feira. O “urso” das bolsas “limpou” €1,81 biliões (€1810 mil milhões). Na semana anterior tinha “limpado” €1,45 biliões.

Entre o fecho da bolsa dia 18 de novembro e o fecho de ontem (25 de novembro), o índice mundial de bolsas (o MSCI AC World Index) caiu 5,2%, e a capitalização bolsista do sector financeiro (o índice MSCI ACWI Financials) quebrou 6%, segundo dados da Bloomberg.

As quebras durante a semana que agora findou foram motivadas sobretudo pela reação dos investidores internacionais a três fiascos – o fracasso do súper comité do Congresso norte-americano para a redução da dívida e do défice federal, o balde de agua fria do leilão de dívida na Alemanha (que levou o Bundesbank, banco central germânico, a ter de tomar 40% do montante adjudicado), e mais um adiamento de compromissos para 9 de dezembro (cimeira europeia), patente na mini-cimeira de Estrasburgo do novo G3 europeu (Alemanha, França e Itália).

Desde o final do mês de Outubro, a capitalização das bolsas em todo o mundo perdeu 10% e o sector financeiro 15%. As perdas das bolsas mundiais durante este mês, até à data, já somam €3,8 biliões (€3800 mil milhões, ou 5 triliões de dólares na designação americana).

JA/Rede Expresso
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Tamanho da Fonte
Contraste
%d bloggers like this: