Câmara de Lagos atribui subsídio de 10 mil euros ao Banco Alimentar

A Câmara Municipal de Lagos decidiu atribuir um subsídio de dez mil euros à Associação Pró-Partilha e Inserção do Algarve, entidade que desenvolve a atividade do Banco Alimentar Contra a Fome na região, anunciou a autarquia.

O apoio visa comparticipar os custos de operação desta estrutura, incrementar a sua capacidade logística e aumentar a quantidade e variedade da oferta alimentar disponibilizada a agregados familiares em situação de carência e vulnerabilidade.

O Banco Alimentar Contra a Fome integra, desde 2008, o Conselho Local de Ação Social de Lagos e apoia regularmente, através de quatro instituições sociais locais, perto de duas centenas de pessoas, complementando, em termos de respostas no terreno, os apoios alimentares atribuídos diretamente pelo município aos agregados familiares com acompanhamento social.

Num período especialmente crítico suscitado pelo impacto da pandemia, esta rede de apoio social vê assim fortalecidos os seus meios para atuar junto de quem mais necessita.

- Publicidade-spot_img

Deixe um comentário

+ Populares

- Publicidade -castro-marim-santos
- Publicidade-spot_img

Leia Também

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite o seu nome

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Tem uma Dica?

Contamos consigo para investigar e noticiar

Tamanho da Fonte
Contraste