COVID-19

Castro Marim: Pelo menos seis infeções detetadas na ação do fim-de-semana

Seis habitantes de Castro Marim deram resultados positivos para a covid-19 e outros seis tiveram testes inconclusivos entre os 800 residentes daquele concelho que foram testados no passado fim-de-semana, no âmbito de uma campanha massiva de testagem levada a cabo por iniciativa da Câmara local, disse ao JA o presidente do município, Francisco Amaral.

A campanha desenvolveu-se sábado e domingo em cinco postos instalados no pavilhão municipal da vila sede de concelho (dois dos quais dentro dos automóveis dos residentes, em regime “drive thru”), no qual compareceram praticamente todos os 800 residentes que se tinham inscrito nos dias anteriores.

Os testes positivos foram encaminhados para o Delegado de Saúde Local que está a contatá-los e isolá-los, disse o autarca, adiantando que se trata de pessoas de uma mesma área geográfica do concelho, zona essa que prefere não divulgar.

“Estamos a fazer inquéritos epidemiológicos para vermos os contactos que eles tiveram. Vão agora fazer os testes do PCR, orientado pelo Delegado de Saúde. Estes testes que fizemos são de respostas rápida, que dá o resultado ao fim de 15 minutos, enquanto o PCR é mais consistente”, explicou o autarca de Castro Marim – que também é médico -, explicando que depende agora dessa nova testagem a confirmação ou infirmação dos seis casos inconclusivos.

“Nos testes negativos os resultados são entregues em duas horas através de mensagem de telemóvel, enquanto nos casos positivos é o delegado de saúde que lhes telefona”, explicou, observando que nenhum dos 12 testados não negativos sabia dessa sua condição de não negativo.

Os testes estão agora a prosseguir com deslocações de equipas ao terreno: esta quarta-feira serão testados os residentes no Azinhal, quinta-feira será a vez de Odeleite e na sexta-feira a unidade móvel de saúde vai percorrer várias pequenas povoações do concelho. Este trabalho contará com o trabalho de alguns dos cerca de 20 profissionais de saúde que responderam de forma positiva ao repto do presidente do município, que tem poara eles uma palavra de agradecimento: “Não encontro palavras para agradecer a disponibilidade voluntária de gente que não ganha um tostão, só por amor à camisola e à causa”.

No próximo fim-de-semana, estarão abertos dois centros de testagem em Altura, que acolherão muitos dos cerca de 1.200 munícipes inscritos que ficaram a faltar depois dos 800 que foram testados no passado fim-de-semana, de um total de 2.000 inscritos.

No horizonte próximo do município está a abertura de novas inscrições para a testagem de toda a população “testável” (isto é, o total da população depois de excluídas as crianças e os que já foram vacinados), que deverá totalizar as 5 mil a 6 mil pessoas no final de todo este processo, segundo calcula o presidente do município. Nos últimos censos, de 2011, Castro Marim contava com 6.747 habitantes.

PUB
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Tamanho da Fonte
Contraste