ALGARVE

Cidadã portuguesa detida na fronteira de Castro Marim

Uma cidadã portuguesa foi detida ontem na fronteira de Castro Marim, quando se preparava para entrar em território nacional após um mandado de detenção europeu, anunciou o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras. 

A mulher foi detida pelo SEF para cumprir a pena de três anos de prisão efetiva pelo crime de tráfico de estupefacientes e foi posteriormente conduzida até ao Estabelecimento Prisional de Tires. 

Devido à pandemia de COVID-19, as fronteiras terrestres foram reportas e, até ao momento, o SEF em coleboração com a GNR já controlou mais de 636 cidadãos, 4472 não foram autorizados a entrar em Portugal e 20 foram detidos. 

PUB
Tamanho da Fonte
Contraste