MUNDO

Clima de incerteza a três dias da posse de Chávez

.

A três dias da cerimónia de posse do presidente reeleito da Venezuela, Hugo Chávez, marcada para o dia 10, o país vive em clima de incerteza e dúvidas. O presidente interino, Nicolás Maduro, e o presidente reeleito da Assembleia Nacional (Parlamento), Diodato Cabello, sinalizaram que a data da posse pode ser alterada, mas não definiram quando. Há ainda a possibilidade de empossar Chávez em Havana, capital cubana, onde ele se encontra há quase um mês.

Hospitalizado para um tratamento de combate ao cancro, Chávez não aparece em público desde o início do mês passado. No dia 11, o presidente venezuelano foi submetido a uma cirurgia para a remoção de um tumor maligno na região pélvica. Durante a cirurgia, teve hemorragia e, depois, complicações respiratórias. A informação mais recente é do dia 4 deste mês, quando as autoridades informaram que Hugo Chávez estava com uma infecção respiratória grave.

PUB
Tamanho da Fonte
Contraste