ALGARVE COVID-19 PAÍS PAÍS & MUNDO

COVID: Casos no Algarve já ascendem a 106 mas DGS “esqueceu” óbito de Lagoa

[mobileonly] [/mobileonly]

O número de casos de infeção por Covid-19 cresceu de 100 para 106 no Algarve, mas o relatório diário da Direção-Geral da Saúde (DGS) continua a falar de apenas um morto, contrariando a informação já confirmada de que há duas mortes na região.

O último caso de óbito ocorreu no concelho de Lagoa e foi confirmado ao JA pelo presidente da Câmara local, Luís Encarnação.

Trata-se de um professor de uma escola secundária de Portimão, mas residente no vizinho concelho de Lagoa, que adoeceu logo no início da crise no Algarve, antes de se ter registado a primeira morte, de um cidadão italiano, em Albufeira.

A DGS anunciou este sábado a existência de um total de 100 mortes e 5.170 casos de Covid-19 em Portugal.

de acordo com a DGS, o número de óbitos subiu de 76 para 100 (101 se contarmos o óbito de Lagoa) em relação ao último balanço da Direção Geral, enquanto o número de infetados aumentou de 4.268 para 5.170, mais 902 em relação a ontem, uma subida que representa um aumento de 21,1%.

Há, ao todo, 43 casos recuperados a registar, os mesmos que ontem.

No boletim divulgado este sábado pela DGS, há, desde 1 de janeiro, um total de 32.754 casos suspeitos, dos quais 4.938 aguardam os resultados das análises e 22.646 testes que deram negativo.

A região Norte continua a ser a mais afetada, com 3.035 casos e 44 mortes. Segue-se Lisboa e Vale do Tejo, com 1.287 casos e 27 óbitos. A região Centro regista 647 casos e 28 mortes, o Algarve 106 casos e dois mortos (um morto segundo a DGS), o Alentejo 34 casos, os Açores 30 casos e a Madeira 31 casos.




WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Tamanho da Fonte
Contraste
%d bloggers like this: