Deputados do PSD/Algarve criticam chumbo do PS à inscrição do novo hospital no OE 2020

Os deputados do PSD/Algarve criticaram o chumbo do PS, esta terça-feira, à proposta de alteração do Orçamento de Estado para 2020 do PSD, com o objetivo de lançar a construção do novo hospital do Algarve ainda no corrente ano.

Em comunicado, os parlamentares eleitos pelo Algarve observam que a sua proposta levaria em conta o respeito pelos estudos técnicos de novos hospitais concebidos por entidades independentes.

“Recorde-se, a este respeito, que o Algarve figura como a segunda prioridade nacional e, na proposta do Governo, bem como no quadro plurianual de investimentos até 2023, o Algarve é o único que fica de fora, estando previstos 5 hospitais”, sublinham.

Os deputados Cristóvão Norte, Rui Cristina e Ofélia Ramos entendem que se trata de “mais uma encenação infeliz”.

“Ainda a semana passada esteve a ministra da Saúde no Algarve a prometer o Hospital  que não inscreveu no orçamento, uma semana volvida o PS faz o mesmo, chumba na Assembleia o que diz no Algarve”, afirmam.

“É incrível como as questões partidárias estão a prevalecer sobre o fundamento técnico, uma região que tem uma crise crónica na saúde, uma hemorragia que empurra quem tem dinheiro para o privado e abandona os mais pobres”, afirmam os parlamentares.

Os deputados do PSD entendem que o hospital é “condição necessária, mas não suficiente para mitigar os graves problemas da região, atraindo novos profissionais e melhorar a gestão, de modo a servir com dignidade as populações”.

João Prudêncio

João Prudêncio

Adiconar comentário

Carregue aqui para comentar

Comentar

Tamanho da Fonte
Contraste