Eleições na Itália geram instabilidade política e económica

.
.

Os resultados das eleições na Itália mostram o Movimento 5 Estrelas (M5S), do comediante Beppe Grillo, como o principal partido italiano na Câmara dos Deputados. Os resultados geraram uma situação de instabilidade política e económica e a impossibilidade de criar uma maioria no Parlamento.

O M5S conquistou 26% dos votos na Câmara dos Deputados e 24% no Senado, superando os partidos políticos tradicionais como o Povo da Liberdade (PDL), do ex-primeiro-ministro italiano Silvio Berlusconi, e o Partido Democrático (PD), do candidato da bancada de centro-esquerda Pier Luigi Bersani.

O PDL conquistou 21,54% dos votos na Câmara e 22,3% no Senado, enquanto o PD obteve 25,43% na Câmara e 27,43% no Senado.

Os resultados eleitorais na Itália tornam impossível criar um governo com uma maioria no Parlamento, já que nenhum dos partidos conquistou o número mínimo de deputados e senadores necessários para formar uma maioria estável.

O grande derrotado da eleição é o primeiro-ministro Mario Monti, que chegou aos 10% dos votos.

Advertisements

pub

 

Advertisements
WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Tamanho da Fonte
Contraste