ALGARVE

GNR detém homem e aprende 1650 doses de canábis em Aljezur

A Guarda Nacional Republicana (GNR) deteve na terça-feira, em Aljezur, um homem suspeito de cultivar estupefacientes e apreendeu mais de 1650 doses de canábis alegadamente destinadas à venda, anunciou hoje o Comando Territorial de Faro.

O suspeito tem 71 anos e foi detido no “âmbito de uma investigação por cultivo de estupefacientes” após a recolha de indícios de que terá procedido ao “cultivo de uma plantação de canábis com 70 plantas de 1,80 metros de altura, com o objetivo de comercializar a substância”. 

As autoridades judiciais emitiram dois mandados de busca domiciliária e, na sua execução, foram apreendidos “70 pés de canábis, 1650 doses de canábis, 19 seringas com óleo de canábis, uma balança digital, três telemóveis e diversos artigos relacionados com o embalamento para tráfico e venda do estupefaciente, nomeadamente sacos herméticos, recipientes de acondicionamento e tesouras”, quantificou a GNR.

“O detido já havia sido alvo de detenção pelas mesmas razões, no passado dia 23 de julho, tendo nessa data sido apreendidas cerca de 270 plantas de canábis”, sublinhou a GNR, acrescentando que o homem vai ser hoje presente ao Tribunal Judicial de Portimão para ser submetido a interrogatório e, no final, conhecer as eventuais medidas de coação.

Tamanho da Fonte
Contraste
%d bloggers like this: