DESPORTO

I Liga: Portimonense espera fazer pontos na deslocação a Braga

Agradado com o início de temporada que coloca o Portimonense no sexto lugar – “até devemos alguns pontos a nós próprios”, considerou –, o treinador antecipou mais “um jogo difícil”, sem comparação com a vitória na Luz, sobre o Benfica (1-0), há duas rondas.

O treinador do Portimonense garantiu hoje que os algarvios vão à “procura dos pontos” na deslocação de segunda-feira ao terreno de um dos ‘grandes’, o Sporting de Braga, para a 10.ª jornada da I Liga de futebol.

“O Sporting de Braga é uma equipa recheada de elementos de qualidade. É um ‘grande’ que tem crescido imenso nos últimos anos. Vamos a Braga com a intenção de sermos competitivos e disputarmos o jogo à procura dos pontos”, disse Paulo Sérgio, na antevisão à partida.

Agradado com o início de temporada que coloca o Portimonense no sexto lugar – “até devemos alguns pontos a nós próprios”, considerou –, o treinador antecipou mais “um jogo difícil”, sem comparação com a vitória na Luz, sobre o Benfica (1-0), há duas rondas.

“São equipas diferentes, com dinâmicas diferentes. Cada jogo é um jogo e temos de estar prontos para as dinâmicas do Sporting de Braga: uma equipa fortíssima no ataque à profundidade, que procura muito a profundidade, com a agressividade do Galeno no corredor esquerdo e as inúmeras qualidades do Ricardo Horta”, explicou.

O Portimonense, acrescentou Paulo Sérgio, quer “impor” o seu futebol e preparou o jogo com a crença nas suas “ideias e capacidades”, até porque, “quaisquer que sejam as mexidas que o Carlos [Carvalhal] efetue, as dificuldades serão sempre as mesmas”, em virtude do “grupo de qualidade extenso” do adversário.

O treinador da equipa algarvia lembrou que, na receção ao Estoril, houve uma “grande pecha na eficácia”, uma vez que a sua equipa rematou 24 vezes, contra três do adversário, que contudo venceu por 2-0.

“Houve uma grande pecha na eficácia, mas não deixa de ser natural, faz parte do processo. Os nossos atacantes são jovens e ainda estão à procura do seu caminho, mas também temos médios com muita chegada e é preciso rematar mais de fora da área. Tudo isso tem sido trabalhado, mas depois há jogos em que saem e outros em que não saem. Esperamos estar mais inspirados nesse capítulo no jogo de amanhã [segunda-feira]”, apontou.

Paulo Sérgio assegurou, porém, que o Portimonense estaria “numa posição até mais confortável”, caso tivesse sido mais eficaz em casa, onde soma três derrotas em cinco jogos: “A ‘performance’ esteve lá, mas não se fez golo.”

O treinador deixou ainda uma mensagem de pesar pela morte do antigo futebolista Bernardo Tengarrinha, falecido no sábado, aos 32 anos, vítima de um linfoma de Hodgkin.

“Prestamos as nossas homenagens ao Tengarrinha. Quero mandar um abraço muito apertado para os seus familiares e amigos. Infelizmente, um homem bom, um homem do futebol, que nos deixou tão cedo”, declarou.

O Sporting de Braga, quinto classificado, com 16 pontos, recebe na segunda-feira, o Portimonense, sexto com 14, em jogo marcado para o Estádio Municipal de Braga, às 19:00, com arbitragem de Gustavo Correia (Porto).

PUB
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Tamanho da Fonte
Contraste