Liga portuguesa Contra a Sida esclarece jovens e séniores nas praias algarvias

Esclarecer os jovens e a população sénior, grupo em que tem aumentado o número de infeções pelo VIH, é a missão de uma equipa da Liga Portuguesa contra a Sida que durante esta semana estará nas praias algarvias.

Ao abrigo da iniciativa “Prevenção em Zonas Quentes”, técnicas daquele organismo vão estar em praias dos concelhos algarvios de Faro e Loulé para prestar informações sobre a Sida e distribuir preservativos.

Na tenda que hoje montaram na Praia de Faro serão distribuídos folhetos informativos, preservativos masculinos e femininos e brindes, estando também prevista a realização de algumas actividades.

Perante a abordagem das técnicas da Liga Portuguesa contra a Sida as pessoas mostram-se tímidas e na sua maioria afirmam estar bem informados contra os riscos da doença e formas de proteção.

Contudo, muitas pessoas ainda continuam a ter a perceção errada de que a Sida está mais associada aos jovens e aos grupos de risco e que “só acontece aos outros”, explica Daniela Fonseca.

Por isso é que o público-alvo a atingir não tem limite de idades, pois qualquer pessoa com uma vida sexual ativa está exposta à doença se não se proteger, acrescentou aquela responsável.

O problema continua a ser o estigma associado à Sida, diz Daniela, considerando que “deve chegar primeiro a cura para a doença do que a quebra do estigma” a ela associado.

Segundo a técnica, tem vindo a registar-se um aumento da incidência da doença nos heterossexuais e também nas pessoas acima dos 50 anos de idade, o que faz com que as campanhas tenham de ser mais abrangentes.

Outra técnica da Liga, que trabalha com a população sénior, lembra que a maioria das pessoas acima dos 50 anos não esteve tão exposta a campanhas de prevenção, pelo que muitas vezes tem pouca informação sobre a Sida.

“Há pessoas com perceções de risco muito baixas, pensam que é um problema dos mais novos”, diz Ana Filipa, considerando que a situação nesta faixa etária é preocupante devido ao aumento da incidência do vírus.

A Liga Portuguesa contra a Sida pertence à Plataforma Saúde e Diálogo e ocupa pelo menos durante duas semanas do ano o Espaço Saúde em Diálogo, em Faro, onde promove sessões de acompanhamento psicológico e social.

Durante esta semana, técnicas daquele organismo receberão também durante dois dias utentes no gabinete e estarão nos restantes três em ações na Praia de Faro, hoje e quarta feira, e na de Quarteira, na quinta feira.

pub

 

 

 

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Tamanho da Fonte
Contraste