Metro quadrado no Algarve aumentou quase 500 euros em dois anos

As casas nunca estiveram tão caras na região. No verão de 2017, comprar casa no Algarve custava, em média, 1.677 euros por metro quadrado. Atualmente, o preço de venda disparou para os 2.153 euros, ou seja, mais 476 euros em apenas dois anos. Mas o JORNAL do ALGARVE apurou que esta realidade não é igual em toda a região: são quase 2.000 euros a separar o concelho mais caro do mais barato…! E, pasme-se, os preços de venda até estão a cair em três municípios algarvios

Comprar casa no Algarve nunca foi tão caro. Em junho de 2017, o preço de venda do metro quadrado foi de 1.677 euros, tendo passado em junho deste ano para os 2.153 euros, o valor mais alto de que há registo.

Segundo apurou o JORNAL do ALGARVE – com base nos dados que constam do mais recente índice elaborado pelo portal imobiliário Idealista – em apenas dois anos, o preço do metro quadrado na região algarvia aumentou assim 476 euros (+22%), uma diferença que sobe para os 735 euros (+34%) quando comparado com junho de 2015, altura em que o preço médio na região era de 1.418 euros por metro quadrado.

Ou seja, todos os relatórios e estatísticas demonstram que as casas não páram de valorizar no Algarve, uma tendência que se vem sentindo desde 2013.

Atualmente, de acordo com o índice de preços de venda do Idealista, o município mais caro para comprar casa é Lagos. O preço de venda atinge os 2.620 euros por metro quadrado, quando, em 2015, não passava dos 1.688 euros (aumento de 932 euros em quatro anos).

Logo a seguir na lista dos municípios mais caros para comprar casa na região surge Loulé, com o metro quadrado a custar 2.509 euros. Neste concelho, o preço do metro quadrado estava nos 1.792 euros em 2015, ou seja, subiu 717 euros desde então…

Leia a notícia completa na edição em papel.

pub

 

 

 

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Tamanho da Fonte
Contraste