Mostras originais com artistas locais agitam o verão

.

Este verão, os munícipes e visitantes de Lagos vão poder ficar a conhecer uma diversidade de exposições que abarcam várias áreas, desde a pintura, passando pela escultura até à cerâmica. A autarquia, juntas de freguesia e associações do concelho uniram-se e prepararam um conjunto mostras originais com o apoio de artistas locais.

É já no próximo dia 14 de julho que inaugura a exposição “Planta”, no Centro Cultural de Lagos, que conta com diversos trabalhos dos artistas residentes do Laboratório de Atividades Criativas (LAC). A mostra, que contará com a participação de nove artistas (A. Pedro Correia, Alexandre Oliveira, Bruno Guerreiro, Cruzes, Eduarda Coutinho, Henrique Pereira, Jorge Pereira, Jorge Rocha e Raymond Dumas) vai estar patente ao público até ao dia 13 de outubro.

O LAC apresenta no CCL um projeto expositivo que representa a individualidade criativa destes nove artistas envolvidos através de um conceito de interação e coerência visuais. A capacidade e energia de cada um dos artistas estão representadas por uma atitude individual que se completa no coletivo. Todo o processo criativo nasceu desta regra: a estrutura da exposição é, metaforicamente e formalmente, a planta da cadeia. O LAC é uma associação cultural formada em 1995 e com sede na antiga cadeia de Lagos, direcionada para a criação artística nas diversas áreas.

Também a partir de dia 15 deste mês, e até 12 de agosto, será possível ficar a conhecer, no Posto Municipal de Exposições (Largo Marquês de Pombal), a exposição de cerâmica “Inside/Outside”, da artista Ana Rijo, que vem apresentar as suas peças de cerâmica que, segundo a mesma, “depois de invadirem a casa, se estendem ao jardim, espalhando cores pelo meio do verde”.

No dia 13 de agosto inaugura no mesmo local a exposição de escultura de Raymond Dumas, que ficará patente até 2 de setembro. Até ao final do mês de setembro, poderá ainda ser conhecida a exposição de artesanato “A.P. Artes de Lagos”, de Regine Banzi.

Exposições também invadem as ruas da cidade

- Publicidade -

Para os antigos paços do concelho estão já previstas três exposições para este verão. A primeira, uma exposição de aguarela “O Despertar”, de Sara Glória, que se encontra já patente ao público e que poderá ser visitada até ao final deste mês.

A partir de 3 de agosto, e até dia 31, poderá visitar a exposição de pintura “Les Lapili”, que conta com a participação dos artistas Cornélia Du Marais, Herbert Gerhardt, Gabriel Sobin, Somomogyi Réka, Soren Arutyunyan e Anja Swaha Tiefensee.

Durante o mês de setembro, entre os dias 7 e 28, estará patente a exposição de artes plásticas “Metalic´s”, de Daniela Rosa e Aaron Mildren.

Também até final de agosto, pode ser apreciada, em várias artérias da cidade, a original exposição “Peixe, Pão e Vinho”, do artista “Tolentino de Lagos”, que integra obras artísticas suspensas. Esta mostra tem por objetivo homenagear todos os pescadores que, através da sua dura e árdua vida de trabalho, contribuem para que possamos ter uma grande variedade de peixe fresco ao nosso dispor. A exposição começa na Praça Luís de Camões, e tenta representar a pesca de cerco. Parte em duas direções: uma pela Rua Infante de Sagres, até à Porta dos Quartos, seguindo pela Estrada do Biker e Rua da Gafaria até à Praça de Armas. O outro percurso parte da Praça Luís de Camões pela Rua Cândido dos Reis, Rua Lançarote de Freitas terminando na Praça de Armas.

Também na aldeia mais típica de Lagos – Barão de São João – está visitável nas ruas da vila a exposição “S. João dos Artistas de Barão”, onde 14 artistas expõem, interpretando cada um à sua maneira o santo padroeiro da terra.

- Publicidade-spot_img

Deixe um comentário

- Publicidade-spot_imgspot_img

+ Populares

- Publicidade -spot_img
- Publicidade -santos-populares-portimao

Leia Também

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite o seu nome

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Tem uma Dica?

Contamos consigo para investigar e noticiar

Tamanho da Fonte
Contraste