ALGARVE CULTURA ÚLTIMAS

Mostras originais com artistas locais agitam o verão

[mobileonly] [/mobileonly]
.

Este verão, os munícipes e visitantes de Lagos vão poder ficar a conhecer uma diversidade de exposições que abarcam várias áreas, desde a pintura, passando pela escultura até à cerâmica. A autarquia, juntas de freguesia e associações do concelho uniram-se e prepararam um conjunto mostras originais com o apoio de artistas locais.

É já no próximo dia 14 de julho que inaugura a exposição “Planta”, no Centro Cultural de Lagos, que conta com diversos trabalhos dos artistas residentes do Laboratório de Atividades Criativas (LAC). A mostra, que contará com a participação de nove artistas (A. Pedro Correia, Alexandre Oliveira, Bruno Guerreiro, Cruzes, Eduarda Coutinho, Henrique Pereira, Jorge Pereira, Jorge Rocha e Raymond Dumas) vai estar patente ao público até ao dia 13 de outubro.

O LAC apresenta no CCL um projeto expositivo que representa a individualidade criativa destes nove artistas envolvidos através de um conceito de interação e coerência visuais. A capacidade e energia de cada um dos artistas estão representadas por uma atitude individual que se completa no coletivo. Todo o processo criativo nasceu desta regra: a estrutura da exposição é, metaforicamente e formalmente, a planta da cadeia. O LAC é uma associação cultural formada em 1995 e com sede na antiga cadeia de Lagos, direcionada para a criação artística nas diversas áreas.

Também a partir de dia 15 deste mês, e até 12 de agosto, será possível ficar a conhecer, no Posto Municipal de Exposições (Largo Marquês de Pombal), a exposição de cerâmica “Inside/Outside”, da artista Ana Rijo, que vem apresentar as suas peças de cerâmica que, segundo a mesma, “depois de invadirem a casa, se estendem ao jardim, espalhando cores pelo meio do verde”.

No dia 13 de agosto inaugura no mesmo local a exposição de escultura de Raymond Dumas, que ficará patente até 2 de setembro. Até ao final do mês de setembro, poderá ainda ser conhecida a exposição de artesanato “A.P. Artes de Lagos”, de Regine Banzi.

Exposições também invadem as ruas da cidade

Para os antigos paços do concelho estão já previstas três exposições para este verão. A primeira, uma exposição de aguarela “O Despertar”, de Sara Glória, que se encontra já patente ao público e que poderá ser visitada até ao final deste mês.

A partir de 3 de agosto, e até dia 31, poderá visitar a exposição de pintura “Les Lapili”, que conta com a participação dos artistas Cornélia Du Marais, Herbert Gerhardt, Gabriel Sobin, Somomogyi Réka, Soren Arutyunyan e Anja Swaha Tiefensee.

Durante o mês de setembro, entre os dias 7 e 28, estará patente a exposição de artes plásticas “Metalic´s”, de Daniela Rosa e Aaron Mildren.

Também até final de agosto, pode ser apreciada, em várias artérias da cidade, a original exposição “Peixe, Pão e Vinho”, do artista “Tolentino de Lagos”, que integra obras artísticas suspensas. Esta mostra tem por objetivo homenagear todos os pescadores que, através da sua dura e árdua vida de trabalho, contribuem para que possamos ter uma grande variedade de peixe fresco ao nosso dispor. A exposição começa na Praça Luís de Camões, e tenta representar a pesca de cerco. Parte em duas direções: uma pela Rua Infante de Sagres, até à Porta dos Quartos, seguindo pela Estrada do Biker e Rua da Gafaria até à Praça de Armas. O outro percurso parte da Praça Luís de Camões pela Rua Cândido dos Reis, Rua Lançarote de Freitas terminando na Praça de Armas.

Também na aldeia mais típica de Lagos – Barão de São João – está visitável nas ruas da vila a exposição “S. João dos Artistas de Barão”, onde 14 artistas expõem, interpretando cada um à sua maneira o santo padroeiro da terra.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Tamanho da Fonte
Contraste
%d bloggers like this: