Município projeta Escola de Bombeiros e ampliação do quartel

Os Bombeiros Municipais de Loulé celebraram 95 anos

O Corpo de Bombeiros de Loulé celebrou esta segunda-feira, dia 27, o seu 95º aniversário. Para além do juramento de novos operacionais e a distinção de pessoas e entidades que têm colaborado com esta instituição, foram anunciadas novidades que irão melhorar o trabalho e reforçar o número dos seus recursos humanos.

Além dos responsáveis municipais, o presidente da Liga Portuguesa de Bombeiros, António Nunes, e o comandante regional de Emergência e Proteção Civil, Vítor Vaz Pinto, estiveram presentes no momento que ficou marcado também pela entrega de divisas e respetivas boinas a nove estagiários que concluíram com aproveitamento a 1.ª e 2.ª fase do processo de formação para ingresso na carreira de “Bombeiro Sapador”.

Neste dia, o autarca Vítor Aleixo deixou clara a intenção de levar por diante algumas ações prioritárias e estruturantes. O Quartel de Bombeiro de Loulé, inaugurado há quase duas décadas, vai ser ampliado e modernizado, existindo já neste momento um estudo de diagnóstico das necessidades que permitirão dimensionar o equipamento para as próximas décadas.

Outra das novidades anunciadas é a criação de uma Escola Nacional de Bombeiros – Centro Regional de Formação do Algarve, que irá localizar-se na “Cidadela de Segurança e Proteção Civil de Loulé”, ao lado de outros equipamentos de âmbito regional como é o caso do Comando Regional de Emergência e Proteção Civil.

Nos últimos meses, foram adquiridas duas ambulâncias e novos equipamentos de salvamento em grande ângulo, mas também encomendados 150 equipamentos de proteção individual para incêndios rurais, estando neste momento a decorrer um processo para a aquisição de duas veículos ligeiros de combate a incêndios.

Num momento de agradecimento público no empenho à causa da segurança e socorro de pessoas e bens, o presidente da Câmara Municipal de Loulé, Vítor Aleixo, foi uma das figuras distinguidas, com o “crachá de ouro”, da Liga Portuguesa dos Bombeiros.

- Publicidade -

Também o Corpo de Bombeiros de Loulé recebeu esta distinção. Já o médico Eleutério Rocheta foi condecorado com a Medalha de Serviços Distintos – Grau Ouro, tal como o vereador Carlos Carmo. O comandante Irlandino Santos foi distinguido com a Medalha de Serviços Distintos – Grau Prata.

O artista Marçalo Silva foi reconhecido pela corporação com o agradecimento pela oferta de uma obra por si elaborada, o brasão dos Bombeiros de Loulé, que se encontra exposta no salão nobre do quartel.

Com 95 anos de existência, o Corpo de Bombeiros Municipais de Loulé tem como desígnio fundamental a proteção de pessoas e bens, particularmente a prevenção e combate a incêndios, o socorro a feridos, doentes ou náufragos no âmbito do Sistema Integrado de Operações de Proteção e Socorro. Para o efeito, conta com um corpo de bombeiros misto, composto por 107 bombeiros, 78 dos quais em regime profissional.

No ano 2021, o Corpo Municipal respondeu a 3870 ocorrências, empenhou 12.058 operacionais e 4683 meios técnicos.

- Publicidade-spot_img

Deixe um comentário

+ Populares

- Publicidade -castro-marim-santos
- Publicidade-spot_img

Leia Também

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário!
Por favor, digite o seu nome

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Tem uma Dica?

Contamos consigo para investigar e noticiar

Tamanho da Fonte
Contraste