.
ALGARVE DESPORTO Primeira

Sporting Clube Olhanense acusa SAD de colocar clube à beira do colapso financeiro

A Direção do Olhanense manifestou, esta quinta-feira, a sua preocupação e descontentamento “pela forma como a gestão da SAD tem sido conduzida”, considerando que “toda a estrutura” do clube está em risco de colapsar, financeira e desportivamente, o que constituiria “uma catástrofe” para a instituição.
Em fax enviado à comunicação social, a direção do Olhanense afirma que o clube teve de recorrer a um Processo Especial de Revitalização (PER) por culpa do alegado incumprimento da SAD do clube no que diz respeito ao pagamento das rendas do Estádio José Arcanjo, montante que ultrapassa os 100 mil euros.
Para além desta dívida, a direção do clube afirma que o o clube não pode celebrar com o Município de Olhão o “Contrato Programa” que concede apoios financeiros ao futebol de formação, podendo a direção do clube perder o jornal ‘O Olhanense’.
“Não é segredo para ninguém que desde sempre a SAD tem desrespeitado o SCO [Sporting Clube Olhanense] uma instituição com 107 anos de existência e um historial de todos conhecido”, acusa o clube.
Entre outras acusações, o SCO acusa a SAD de estar em incumprimento perante a Segurança Social, o que inviabiliza que o clube possa celebrar com o Município de Olhão o contrato-programa que concede apoios financeiros ao futebol de formação e também outros contratos com a mesma autarquia, “pelo que toda a estrutura está em risco de colapsar, nomeadamente o jornal ‘Olhanense?”.
A manter-se esta situação, alerta o SCO, correm-se “sérios riscos de que o clube possa vir a não ter meios financeiros para cumprir com os seus compromissos, nomeadamente o já referido PER, o que se traduzirá numa catástrofe”.
O clube exige à administração da SAD que, “com a urgência que o assunto exige, liquide de imediato as verbas em dívida sob pena de se sujeitar às deliberações que forem tomadas na próxima Assembleia-Geral, que vai se convocada com caráter de urgência”.
JP.

Tamanho da Fonte
Contraste